Bioestimuladores de Colagénio

 
 
 

Medicina Estética e Antienvelhecimento

 
 
 
 
 
 
 

Bioestimuladores de Colagénio

rosto, pescoço, decote, mãos, parte interna braço, coxa ou abdómen (vulgar umbigo descaído) – Lanluma, Radiesse, Sculptra, Ellansé

Os bioestimuladores de colagénio são substâncias que estimulam a produção de colágenio quando injetadas em determinadas camadas da pele. São essencialmente usadas para dar firmeza à pele, conferindo-lhe um aspeto liso, de pele mais jovem e luminosa, pela bioestimulação decorrente da ação estimulatória nos fibroblastos, células que produzem as fibras de colagénio. Alguns bioestimuladores podem ter efeito de preenchimento.

Os protocolos de tratamento sugerem em média 1 a 2 sessões espaçadas 1 mês e uma manutenção anual, embora os resultados possam durar até 24 meses. Dependendo do grau de flacidez o número de sessões será definido. Peles mais jovens geralmente uma sessão já traz a melhora pretendida e serve como prevenção. Em peles mais maduras geralmente são necessárias mais sessões e tratamentos combinados.

A degradação do colagénio no organismo do ser humano ocorre a partir dos 30 anos de idade com perda aproximada de 1% ao ano. A exposição solar excessiva, exercício físico intenso, poluição, tabagismo, stress, má alimentação, má higiene de sono, podem acelerar muito este processo.

A aplicação dos bioestimuladores induz a formação de novo colagénio, proporcionando a recuperação da firmeza perdida ao longo dos anos e uma melhora na qualidade e hidratação da pele, de forma muito natural.

Na consulta de Medicina Estética ou de Anti-Envelhecimento, são igualmente abordados os problemas acima referidos e feito um aconselhamento cosmético e de suplementação para a manutenção dos ganhos obtidos.
 
 
 
 
 
 
 
MARQUE JÁ A SUA SESSÃO
 
Quais as possibilidades da Medicina Estética?
Descubra tudo o que os Bioestimuladores de Colagénio podem fazer por si.
Marque já a sua consulta e fale com os nossos médicos especialistas.